Blog

Aeroporto fechado? Conheça seus direitos.

Por: Extraviou | Data: 29 de março de 2019

Você passou meses planejando aquela viagem dos sonhos: comprou as passagens, emitiu o passaporte, reservou os hotéis e já está com tudo pronto pra finalmente embarcar no avião. No entanto, o inesperado acontece. Você chega para embarcar e dá de cara com o aeroporto fechado.

Nessa hora muitas pessoas entram em pânico sem saber o que fazer ou a quem solicitar ajuda. Por isso, é importante conhecer bem seus direitos em uma situação como essa. Veja nesse artigo o que fazer quando o aeroporto estiver fechado no dia da sua viagem.

Por que o aeroporto fecha?

Sabemos que imprevistos acontecem o tempo todo, e com as companhias aéreas não é diferente. Há diversos motivos pelos quais pode ser necessário fechar o aeroporto, impedindo tanto o pouso quanto a decolagem. Algumas das principais razões são as relacionadas às mudanças climáticas.

Em situações de chuvas muito fortes, nevoeiros, neblina, possibilidades de alagamento e granizo, é comum que os aeroportos interrompam suas atividades, como medida de segurança. Além disso, motivos de falhas técnicas, manutenção de aeronaves ou outras questões operacionais também podem fazer com que o aeroporto precise cancelar ou atrasar seus voos.

O aeroporto está fechado. E agora?

Saiba que independentemente do motivo pelo qual o aeroporto precisou ser fechado, todo passageiro tem direito ao reembolso pelos valores pagos, incluindo as taxas de embarque. Além disso, os passageiros também possuem direito à assistência material e reacomodação quando necessário.

É preciso se informar também em relação aos aviões que podem sair com atraso ou se dirigir para outros aeroportos. Nestes casos, ainda que haja algum prejuízo na sua viagem, há a possibilidade de embarcar no mesmo dia. Já para os casos em que há o cancelamento de fato, as companhias aéreas devem tomar algumas medidas para assegurar os direitos dos passageiros.

Direitos dos passageiros com voos cancelados

Seguem abaixo os principais direitos que a companhia aérea deve assegurar para os passageiros impedidos de embarcar:

* Direito à informação

A companhia aérea tem a obrigação de manter o passageiro informado sobre tudo. É necessário informar a situação do voo, os motivos do cancelamento. Também é preciso dar uma previsão de quando as coisas retornarão à normalidade. As informações podem também ser solicitadas por escrito.

* Direito à assistência material

Entre os direitos do passageiro estão os direitos de comunicação, alimentação, reacomodação e até mesmo transporte para o local da hospedagem se for o caso. Estas medidas servem para diminuir o desconforto e o prejuízo dos passageiros que não conseguem embarcar conforme o previsto.

* Direito de reembolso ou remarcação de voo

O passageiro deve ser informado se ele poderá embarcar em outro voo para o mesmo destino após a normalização das atividades. Em alguns casos há a necessidade de remarcação para uma nova data. Também é possível o reembolso integral de todos os valores pagos pela passagem.

Cabe ao passageiro avaliar qual é a melhor solução para o seu caso. No caso de reembolso o viajante também pode solicitar o pagamento imediato por depósito bancário ou em dinheiro.

Caso você tenha algum problema relacionado ao seu voo preencha nosso formulário ou entre em contato conosco por telefone, e-mail ou WhatsApp.